Home » Viva a República! Viva o Rei! - Cartas Inéditas de Agostinho da Silva by Teresa Sabugosa
Viva a República! Viva o Rei! - Cartas Inéditas de Agostinho da Silva Teresa Sabugosa

Viva a República! Viva o Rei! - Cartas Inéditas de Agostinho da Silva

Teresa Sabugosa

Published
ISBN :
Paperback
118 pages
Enter the sum

 About the Book 

Viva a República! Viva o Rei! é um título que espelha na perfeição o pensamento da autora e de Agostinho da Silva expresso nas cartas que o Filósofo lhe escreveu.Mas mais do que um título, Viva a República! Viva o Rei! é um grito que inelutavelmenteMoreViva a República! Viva o Rei! é um título que espelha na perfeição o pensamento da autora e de Agostinho da Silva expresso nas cartas que o Filósofo lhe escreveu.Mas mais do que um título, Viva a República! Viva o Rei! é um grito que inelutavelmente Portugal dará, quando chegar a Hora de o ser.«Vai ter de se abrir a hora de Portugal se cumprir inteiro, de ser o duplo cavaleiro do místico e do real.»Agostinho da Silva«O regime de que o mundo precisa para sair do atoleiro em que está metido é realmente o da Monarquia Portuguesa anterior a D. João I (este já bastante infectado de Europa) (...) Acima disso, o município, clara e inteiramente republicano. Como coordenador geral e inspirador o Rei (...)»Agostinho da Silva«Têm estas cartas inéditas de Agostinho da Silva, aqui publicadas e comentadas pela Dr.ª Teresa Sabugosa, vários motivos de interesse para o grande público e para os investigadores do pensamento e da obra agostinianos. O primeiro consiste em estarmos perante textos inéditos bastante próximos do final da vida do Professor. O segundo reside em eles confirmarem as questões políticas como uma das grandes vertentes do pensamento agostiniano, que não as separava do seu interesse fundamental pela questão do divino, do sentido da vida e da vocação e destino de Portugal e da comunidade lusófona. O terceiro passa pelas posições que Agostinho aqui toma sobre a questão do melhor regime para Portugal.»Paulo BorgesPresidente da Associação Agostinho da Silvain Prefácio